Especial: Woody Allen - 1971 a 1989

Ele não comparece a premiações, tem um grande número de odiadores, vários episódios de sua vida pessoal são criticados e muita gente aleg...

Ele não comparece a premiações, tem um grande número de odiadores, vários episódios de sua vida pessoal são criticados e muita gente alega simplesmente não entender seus filmes ou seu humor. Ao mesmo tempo, atuar em suas produções é um símbolo de status, ele tem uma produção frequente, sempre consegue financiamento e distribuição e volta e meia consegue emplacar um sucesso de público e crítica.

Afinal, quem é Woody Allen?

Meu objetivo não é, de modo algum, tentar responder a pergunta acima. Quero que ela continue no ar por muito e muito tempo. Gostaria de ser frequentemente surpreendida por um artista de mente fértil e uma incrível capacidade de dirigir praticamente um filme por ano há mais de 40 anos – e atuando em uma considerável maioria.

Assim, decidi revisitar os primeiros momentos da carreira de Woody Allen como diretor. Não tive acesso a suas duas primeiras produções – Take the Money and Run e What's Up, Tiger Lily? –, mas consegui ver quase tudo o que ele fez das décadas de 1970 e 1980.

As exceções são o filme para televisão Men of Crisis: The Harvey Wallinger Story e New York Stories, que reúne três segmentos com cada um sendo dirigido por uma pessoa diferente – ou seja, os créditos incluem Allen, Francis Ford Coppola e Martin Scorsese (uau!). Para completar, apenas Everything You Always Wanted to Know About Sex * But Were Afraid to Ask já tinha uma resenha no Cinema de Novo.

Assim, prepare-se para uma maratona com a duração de uma semana!

RELACIONADOS

2 recados

  1. Especial incrível, Rê, parabéns pela ideia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rapha! Espero que você esteja gostando dos textos.

      Excluir