De uma forma simplória, é possível dizer que existem dois tipos de filme do Studio Ghibli : as fantasias infantis que podem ou não estar rep...

Lendas medievais – com destaque para as arturianas – têm ganhado muitas e muitas adaptações ao longo dos séculos, e o cinema representa apen...

Eu não sou criança, mas vejo vários filmes que foram pensados com esse público em mente. E eu gosto da maior parte deles. Alguns trazem uma ...

A carreira de Hebe Camargo foi longa, produtiva, cheia de altos e baixos e, sem dúvida, capaz de preencher muitos e muitos filmes. Sincera...

Depois de mergulhar na nostalgia com The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring e de encarar uma versão bastante melhorada de The Lo...

Em uma trilogia, a parte do meio acaba sempre prejudicada. Ela não conta com a introdução ao mundo, feita anteriormente, e nem com a esperad...

O que era ser nerd no período da sua adolescência? Na minha, acredito que o conceito estava mais vinculado com The Lord of the Rings do que...

Se você me conhece (ou lê meus textos há algum tempo), é provável que já tenha notado que eu posso até ser relativamente jovem, mas sempre t...

Logo nos primeiros minutos de Luca , é impossível não pensar: então, é como The Little Mermaid , mas vai se passar na Itália? A resposta, fe...

Mesmo que eu esteja acostumada a acompanhar as séries da Marvel , ver um filme do estúdio pela primeira vez diretamente da televisão de casa...

O ano era 1999. A carreira de John Travolta já havia sido ressuscitada por Pulp Fiction e estava relativamente estabilizada, mas ele não t...

A experiência de ler um livro e, na sequência, ver a adaptação cinematográfica nem sempre é proveitosa ou enriquecedora – especialmente se v...

Às vezes, crio sentimentos um pouco inexplicados em relação a filmes que nunca assisti. Fences , por exemplo, é um drama muito elogiado, com...

Assim como muitos, eu fui conquistada por Lin-Manuel Miranda desde a primeira vez que ouvi a trilha sonora de Hamilton. De lá para cá, prat...